Presidente da Ferrofrente propõe “revogaço” na utilização de ferrovias no País

José Manoel participou de palestra promovida pelo movimento Engenharia pela Democracia “Eu proponho a revogação de muita coisa errada que foi feita até agora por esse governo. Nosso o objetivo é o de defender o interesse público na utilização das ferrovias no Brasil”. Com essa frase, o engenheiro José Manoel Ferreira Gonçalves resumiu sua participação […]

Em dois anos, futuro pátio de manutenção da Linha 17-Ouro mostra “avanço” na vegetação

Enquanto obras tiveram evolução modesta desde o final de 2020, árvores e mato cresceram como nunca no canteiro administrado pelo Consórcio Monotrilho Ouro Dois anos atrás, a empresa Coesa Engenharia estava prestes a assinar o contrato para executar as obras civis remanescentes da Linha 17-Ouro do Metrô. O prazo para concluir os trabalhos, de 30 meses, deveria ocorrer em […]

Multimodalidade é o caminho

*José Manoel Ferreira Gonçalves O novo marco das ferrovias, que já começou a autorizar as primeiras concessões em modelo de privatização, precisa de ajustes para favorecer efetivamente o País, afirma o presidente da FerroFrente De acordo com a José Manoel Ferreira Gonçalves, engenheiro e presidente da FerroFrente (Frente Nacional pela volta das Ferrovias), que defende […]

O novo marco das ferrovias é um retrocesso e ameaça o futuro dos trilhos no país

*José Manoel Ferreira Gonçalves Aprovado no Senado e em célere tramitação na Câmara dos Deputados, o novo marco legal das ferrovias está longe de ser um avanço. Ao contrário, ele representa um retrocesso ao legitimar um modelo que nada favorece o desenvolvimento da malha ferroviária para o transporte abrangente e intenso de mercadorias e passageiros. […]

Ferrovias do Brasil: sem Estado e em estado de abandono

*José Manoel Ferreira Gonçalves O desgoverno da gestão de Bolsonaro se torna cada vez mais evidente. Quem ainda nutria alguma esperança de que haveria algum sinal de pensamento estratégico e de projeto nacional vindos de Brasília, já desistiu. A mais nova demonstração de que o governo federal não possui qualquer planejamento de longo prazo para […]

OS GRANDES DESAFIOS PARA O TRECHO PERNAMBUCANO DA TRANSNORDESTINA SAIR DO PAPEL

Depois de 15 anos de obras e R$ 6,4 bilhões empregados, os desafios para ramal pernambucano da Ferrovia Transnordestina sair do papel, chegando a Suape, continuam enormes. Na segunda-feira passada (16), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, disse ao governador Paulo Câmara (PSB) que o trecho pernambucano será retirado da concessão da empresa que está fazendo as obras desde 2006. No meio empresarial, a decisão do governo do Estado […]