Search
Close this search box.

A história de ocupação humana na região amazônica

Um projeto arqueológico na Amazônia brasileira, chamado Amazônia Revelada, busca reconstruir a história de ocupação humana na região. O projeto utiliza tecnologia a laser para mapear possíveis sítios arqueológicos sob a floresta. Ao mesmo tempo, conta com o conhecimento de populações tradicionais como indígenas e seringueiros para identificar áreas de escavação.

O objetivo é revelar que a Amazônia não era uma floresta intocada, mas sim habitada por diversos povos ao longo de milhares de anos. Isso contraria a narrativa de que a região era vazia e selvagem. Ao descobrir sítios arqueológicos, também se protege legalmente parte da floresta.

O texto relata como o projeto trabalhou na Terra do Meio, no Pará, onde encontrou vestígios de ocupação de mais de 7 mil anos atrás. Moradores locais, como o seringueiro Do Carmo, possuem objetos históricos e conhecimento sobre o passado da região. Jovens das comunidades também estão sendo treinados para identificar possíveis sítios.

A arqueologia amazônica revela como a floresta foi modificada e enriquecida por populações ancestrais, provando que sempre existiu uma relação de convívio entre humanos e natureza na região. Isso é importante para defender esses territórios e suas populações hoje.

Veja uma matéria ampla a este respeito na excelente SumaÚma

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Últimas notícas

Quer ficar bem informado? Inscreva-se na nossa newsletter e receba as informações no seu e-mail.